Menu

Assine nossa newsletter

Reportagem

Apocalipse 1,11: Crítica e apreciação criativa

8.8.2012  |  por Valmir Santos

Esta monografia configura-se como um estudo de caso sobre as críticas publicadas em torno do espetáculo Apocalipse 1,11, criação do Núcleo de Pesquisa Teatro da Vertigem, encenado em São Paulo entre 1999 e 2000. São analisados artigos veiculados pela imprensa escrita (jornais e revistas) ou pela rede mundial de computadores, a Internet, com o objetivo de encontrar bases para um recorte das dificuldades do exercício da crítica no Jornalismo Cultural praticado nas capitas de São Paulo e Rio de Janeiro, entre o final dos anos 90 e este início de nova década e milênio. O documento constata um distanciamento do crítico contemporâneo diante de montagens que se utilizam de linguagens à margem da convenção do espaço ou da dramaturgia, por exemplo. O crítico precisa ler o seu próprio corpo antes de interpretar aquilo que lhe é expressado em cena. Do contrário, sobrepõem-se ruídos ao diálogo.

Valmir Santos

Quer receber mais artigos como este? Então deixe seu e-mail:

Relacionados