Menu

Assine nossa newsletter

Nota

Indicamos no Fringe – sábado, dia 29

29.3.2014  |  por Teatrojornal

O Teatrojornal – Leitiuras de cena sugere ao internauta e espectador os seguintes espetáculos em cartaz na programação de hoje, ordenados por horário, conforme sinopse e dados da organização da mostra paralela Fringe no Festival de Teatro de Curitiba. Hoje é aniversário da cidade, 321 anos. Pesquisa indica que entre seus artistas mais conhecidos estão o poeta e escritor Paulo Leminski, o pintor, ilustrador e muralista Poty Lazzarotto e o escritor Dalton Trevisan.

Letargo
Drama | Portão Cultural – Auditório Antônio Carlos Kraide, 10h
Oxford, Reino Unido, 2013. O índice de pessoas tristes está cada vez maior, em meio ao clima cinza da cidade. Em comum, o desejo por um mundo onde haja felicidade. Buscam incessantemente uma forma de se deleitar em um prazer diferente, e morte pode ser a única salvadora em meio aos estados letárgicos das personagens.
Companhia: Backstage | Direção: José Augusto Bergossi | Autoria de texto: Cristine Suzuki | Elenco: Cristine Suzuki, José Augusto Bergossi
Duração: 35 min | Curitiba / PR | Valor: R$ 20,00

Corrente fria, corrente quente
Monólogo | Casa Hoffmann, 13h
A cada sete dias, uma menina vai ao Porto de Naha, em Okinawa, Japão, esperar pela chegada do pai. Mas após uma semana de fortes chuvas, o navio pesqueiro dele não retorna. A partir de então, a menina conta sua história e celebra a memória do pai.
Companhia: Fúcsia | Direção: Franco Fuchs | Autoria de texto: Fernanda Fuchs | Elenco: Fernanda Fuchs
Duração: 35 min | Curitiba / PR | Valor: a definir

O cortiço
Cultura Popular | Teatro Cleón Jacques, 18h
A trajetória de uma precária estalagem fluminense do fim do século XIX e as histórias entrelaçadas de seus moradores. Baseada no romance de Aluísio Azevedo, a peça aborda temas universais, como a exploração humana, a ascensão social desleal, a zoomorfização do homem, o determinismo e a degradação.
Companhia: Cia. Histriônica de Teatro | Direção: Grácia Navarro e Marcelo Lazzaratto | Autoria de texto: | Elenco: Ana Carolina Salomão, Ana Gabi, Beatriz Coimbra , Bruna Munhoz, Bruno Cabral , Carolina Banin , Daniel Melotti , Deborah Ferraz , Eduardo Rosa, Ewerton Ribeiro, Gabriel Lavra, Isabela Basso, Julia Munhoz, Juliana Saravali, Leonardo Matricardi,Lucas Sequinato, Luiza Moreira Salles, Marana Delboni, Mariana Tardioli, Paula Sauerbronn, Priscila Geglio, Quesia Botelho Renan Souza, Rodolfo Groppo, Taiane Raffa, Virgílio Guasco, Vitor Biazzin
Duração: 90 min | Campinas / SP | Valor: R$ 10,00

Alunos de artes cênicas da Unicamp releem ‘O cortiço’

Whisky e hambúrguer
Drama | Teatro HSBC, 18h
Roberto foi abandonado pela esposa e mergulhou em uma profunda depressão. Para tentar ajudá-lo, sua melhor amiga, Priscila, lhe faz uma visita decisiva. O espetáculo é um recorte maduro sobre os anseios, os tropeços e as desilusões da vida, que se unem em um panorama adulto das relações humanas.
Companhia: Cemitério de Automóveis | Direção: Mário Bortolotto | Autoria de texto: Mário Bortolotto | Elenco: Mário Bortolotto e Patricia Vilela
Duração: 50 min | São Paulo / SP | Valor: R$ 30,00

As estrelas são para sempre?
Experimental | Museu Oscar Niemeyer – Aud. Poty Lazzarotto, 19h
A partir de personagens anônimos, que transitam as várias fases da vida, o trabalho explora o hipertexto, o plurilinguismo e o corpo como disparador de sentidos. Nas palavras do teatrólogo francês Patrice Pavis, que assistiu à obra em Blumenau no ano passado, o núcleo aposta na mistura de gêneros (dança, teatro, mímica, música e teatro de animação) para traçar uma coreografia de palavras. Prêmio de melhor atriz no Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau em 2013.
Companhia: Grupo Katharsis | Direção: Roberto Gill Camargo | Autoria de texto: Roberto Gill Camargo | Elenco: Ademir Feliziani, Andréia Nhur, Denni Pontes, Lucas Donizeti, Paola Bertolini
Duração: 60 min | Sorocaba / SP | Valor: R$ 20,00

Grupo Katharsis em ‘As estrelas são para sempre?’

.:. Mais informações no site do Festival de Teatro de Curitiba, aqui.

Quer receber mais artigos como este? Então deixe seu e-mail:

Relacionados