Menu

Assine nossa newsletter

Nota

Centro de Dramaturgia Contemporânea lança coleção ‘Palavras para teatro’

18.9.2014  |  por Teatrojornal

Não é um grupo de teatro, mas de autores. O Centro de Dramaturgia Contemporânea (CDC) acaba de lançar a série Palavras para teatro – sete vezes dramaturgia, coleção da editora Patuá composta por igual número de livros com peças inéditas ou em processos de montagem assinadas por Denio Maués (Escandinavos, Em caso de emergência quebre o vidro e Espera); Drika Nery (Um sol cravado no céu da boa e Esboço para uma quase paisagem); Fabio Brandi Torres (A chance de uma bola de neve no inferno e Da natureza de fronhas e lençóis); Luis Eduardo de Sousa (Ás de copas e Pretérito imperfeito); Luís Indriunas (Eik tu, o que é que aconteceu e Um coração real); Marcos Gomes (Luz fria); e Paula Autran (Nos países de nomes impronunciáveis). Todos vinculados ao CDC.

O grupo sediado em São Paulo foi contemplado, junto com a editora Patuá, no edital “Concurso de Apoio a Projetos de Publicação de Livros – Coleção de Obras Inéditas”, dentro do ProAC (Programa de Ação Cultural) da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo.

Os sete livros trazem prefácios de veteranos da dramaturgia paulistana: Aimar Labaki, Cássio Pires, Cláudia Vasconcellos, Fernanda D’Umbra, Mário Bortolotto e Mário Viana . A exceção na lista é o português Jorge Louraço Figueira, que, no entanto, tem ligações muito próximas com diversas companhias paulistas com as quais colabora, além de acompanhar o trabalho do CDC desde a residência artística que o grupo realizou em Portugal em 2012.

Cada título tem tiragem inicial de 1.500 exemplares, sendo 300 deles distribuídos gratuitamente para bibliotecas públicas do Estado de São Paulo. Os livros também estão sendo comercializados a R$ 25,00 cada um ou R$ 70,00 a coleção completa, promoção da editora.

Dramaturgos do CDC publicados pela Patuá

Criado em 2006, o CDC vem realizando diversos projetos voltados ao texto teatral, entre eles a recente montagem do espetáculo Arquitetura da dramaturgia, no Teatro Garagem, em 2014, além de ciclos de leituras dramáticas de textos de seus integrantes e de dramaturgos convidados.

O grupo participou da curadoria das leituras do projeto Quintas do Triunfo, do grupo Pessoal do Faroeste, com a participação dos dramaturgos portugueses Jorge Louraço (da Escola de Música, Artes e Espetáculos do Porto/ESMAE) e Fernando Giestas (do Magnólia Teatro, de Viseu, Portugal).

Diretores da cena paulistana participam como convidados dos projetos do CDC, entre eles Renata Jesion (Teatro para Alguém), Beto Magnani (Pessoal do Faroeste), Hélio Cícero (do grupo Arnesto nos Convidou), Janaína Leite (Grupo XIX de Teatro), Paulo Faria (Pessoal do Faroeste), José Roberto Jardim, Eric Lenate, Pedro Granato, Nicole Aun, Rafael Bicudo, entre outros. O grupo acaba de realizar a curadoria e produção do Drama Session, ciclo de leituras dramáticas em parceria com a Cia. Contraponto.

Em 2012, o CDC iniciou em Portugal o projeto Capitanias Dramatúrgicas, contemplado em edital do Ministério da Cultura (MinC). A iniciativa inédita de intercâmbio entre dramaturgos dos dois países foi coordenada pelo autor e diretor Samir Yazbek. Como resultado, sete textos sobre a relação Brasil-Portugal foram apresentados no Teatro Acadêmico Gil Vicente, em Coimbra, e, em São Paulo, no teatro Commune e no festival Satyrianas. Alguns desses textos estão entre os selecionados para a coleção.

.:. Mais informações sobre a coleção Palavras para Teatro, aqui.

Quer receber mais artigos como este? Então deixe seu e-mail:

Relacionados