Menu

Assine nossa newsletter

Nota

Eduardo Okamoto pré-estreia ‘Oe’, encenação de Marcio Aurelio

8.9.2014  |  por Teatrojornal

O ator Eduardo Okamoto fez no último fim de semana (5 e 6/9), no Sesc Campinas, a pré-estreia do solo Oe, inspirado na obra de um dos mais populares romancistas do Japão, Kenzaburo Oe (Prêmio Nobel de Literatura em 1994). Sob direção de Marcio Aurelio e dramaturgia de Cássio Pires, trata-se de mergulho no vasto universo do escritor, estabelecendo relações entre a literatura de Oe e a cena propriamente dita, com destaque para o romance Jovens de um novo tempo, despertai!.

O livro aborda as interações entre o autor e seu filho mais velho, Hikare Oe, nascido com hérnia cerebral que resultou num forte autismo. O sobrenome da família e do espetáculo, curiosamente, espelha a inversão das iniciais da assinatura artística de Eduardo Okamoto (de produções recentes como Eldorado e Recusa, esta com a Cia. Teatro Balagan).

Como parte do processo criativo, ele foi ao Japão em fevereiro passado, onde estagiou no Kazuo Ohno Dance Studio. Oe tem previsão de estreia para março de 2015.

O ator Eduardo Okamoto durante ensaio de ‘Oe’

No livro Jovens de um novo tempo, despertai!, Kenzaburo Oe procura definições sobre a sociedade e a vida (morte, sonho etc.) para o seu filho mais velho, deficiente intelectual, sintetizando ficção, ensaio literário, mitologia e dados autobiográficos (explicitando o relacionamento familiar com o seu primogênito).

A enfermidade do filho é recorrente na obra de Kenzaburo Oe. O filho viveu até os seis anos de idade sem desenvolver a capacidade da fala. “Não parece humano”, declara o personagem Bird, de Uma questão pessoal , sobre o bebê que, no nascimento, aparentava ter duas cabeças, com parte do cérebro expandindo-se por uma fenda no crânio. Demonstrando grande sensibilidade auditiva e aprendendo a falar ao reconhecer o som dos pássaros, o menino aprendeu a tocar piano e, hoje, é compositor e pianista respeitado no Japão e fora dele.

Quer receber mais artigos como este? Então deixe seu e-mail:

Relacionados