Balaio

escrito por vals em 4 de abril de 2012 – 15:16 -


O espetáculo Balaio é como um filme do leste europeu: cores gris para uma dança desesperada sobre a lápide fria do carinho, do amor e do reconhecimento.
Gestado no ventre do Centro de Pesquisa Teatral (CPT), em suas variantes do ator e da dramaturgia, carrega o DNA da série Prêt-à-Porter coordenada por Antunes Filho há 13 anos e atualmente na décima edição. Read more »

Subscribe to my RSS feed

Ileana e Miguel

escrito por vals em 4 de dezembro de 2010 – 16:36 -

Ileana Diéguez, pesquisadora da Universidad Autónoma Metropolitana, no México, que esteve em Porto Alegre - foto: UAM/Divulgação


Miguel Rubio Zapata, diretor e dramaturgo cofundador do Grupo Cultural Yuyachkani, do Peru - foto: Diego Rojas

Ela nasceu em Cuba e vive no México. Ele, nasceu e vive no Peru. Iliena Diéguez trilhou as artes cênicas pela perspectiva da investigação acadêmica em diálogo permanente e direto com os criadores. Miguel Rubio Zapata mirou a prática e a pesquisa em criação elegendo pontos de contato com a reflexão desde dentro. Os cinco dias de convivência com eles em Porto Alegre permitiram-me testemunhar seus discursos e atitudes para com o teatro. Uma amizade de décadas que tem interseção com o Grupo Cultural Yuyachkani, do qual o diretor e dramaturgo Miguel é cofundador e Ileana, sua interlocutora privilegiada e provocadora nas últimas décadas. Os artistas da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz fizeram a ponte e sobre ela atravessamos a jornada do seminário que friccionou teatro, performance e política. Ileana será traduzida no Brasil, no início de 2011, com Cenários liminares. teatralidade, performance e política (editora UFBA, por Luis Alberto Alonso e Angela Reis). Miguel finaliza um livro de entrevistas e anotações que nortearam sua convivência com mestres da cena latino-americana, como o colombiano Enrique Buanaventura, o uruguaio Atahualpa del Cioppo e Antunes Filho, com quem foi uma espécie de observador participativo de uma oficina do diretor brasileiro num dos encontros da Escuela Internacional de Teatro de America Latina y el Caribe (EITALC). Ileana voou ontem à noite de volta para casa. Na madrugada de hoje, prestes a embarcar também, Miguel circulava no aeroporto carregando nas mãos um chapéu branco elegante, à maneira dos panamás, cujo trançado artesão em material sintético o levou a comprar a fim de experimentar no figurino de uma das atrizes numa das cenas de El último ensaio, no repertório desde 2008, na passagem em que ela interpreta uma diva do canto lírico inspirada na peruana Yma Sumac. Prova de que o espetáculo nunca acaba, contrariando seu caráter efêmero, reinventado a cada sessão com solitude e cumplicidade raras como as acima.

Subscribe to my RSS feed

O livro do Teatro Faap

escrito por vals em 12 de setembro de 2010 – 17:32 -

Mira Haar à frente dos alunos de Naum que 'brincavam' de teatro nas instalações da Faap, nos anos 1960; parte deles deu origem ao Pod Minoga Studio (1972-1980) - foto: Analu Prestes/Arquivo Pessoal

Escrevi um livro institucional sobre o Teatro Faap, um dos palcos tradicionais da cidade de São Paulo, localizado no subsolo de um prédio de formas neoclássicas que fica entre os bairros Pacaembu e Higienópolis. Seus 35 anos serão completados em 22 de setembro de 2011, mas comemora-se desde já. Teatro FAAP: a história em cena – 1976-2010 permitiu-me, e também ao jornalista Danilo Vasques, que auxiliou na pesquisa, mergulhar nos acervos públicos do Museu Lasar Segall e do Arquivo Multimeios do Centro Cultural São Paulo, referenciais para as artes cênicas do país. Levantamos cerca de 180 documentos, entre programas, reportagens, críticas e fotos para compor uma cronologia a mais completa possível sobre os espetáculos que passaram pelo endereço da Rua Alagoas, 903. A colaboração da diretora do espaço, Claudia Hamra, foi fundamental nesse caminho. Read more »

Subscribe to my RSS feed

Orelha de Mariangela para livro de Milaré sobre Antunes

escrito por vals em 6 de setembro de 2010 – 1:02 -

Atores Hélio Cícero, Rita Martins, Luis Melo, Lulu Pavarin, Clarissa Drebtchinsky, Eliana César e Flávia Pucci em cena de Os sete gatinhos - paraíso zona norte (1989), um dos espetáculos abordados no livro Hierofania: o teatro segundo Antunes Filho - foto: Gabriel Cabral

O diretor Antunes Filho e o jornalista e crítico Sebastião Milaré se encontram no final da tarde de hoje na programação do Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas de Santos. Eles vêm lançar e conversar sobre Hierofania: o teatro segundo Antunes Filho (Edições Sesc SP, 416 páginas, R$ 85,00). Leia a seguir o texto da crítica Mariangela Alves de Lima, de O Estado de S.Paulo, que ocupa a orelha do livro assinado por Milaré – e sobre o qual escrevi resenha no jornal Valor Econômico.
Read more »

Subscribe to my RSS feed