A proliferação do teatro de grupo

escrito por vals em 9 de outubro de 2012 – 10:48 -

(breve artigo originalmente publicado na revista Bravo! deste mês, sob mote dos ‘Fatos mais relevantes da cultura brasileira nos últimos 15 anos’)

O teatro brasileiro viu crescer nos últimos 15 anos os espetáculos criados e produzidos em grupo. Isso evidencia uma admirável disposição dos artistas para a pesquisa permanente de conteúdos e formas de expressão. Em geral, o teatro de grupo possui ambições diferentes daquele com elencos avulsos, arregimentados por um diretor ou produtor, que prioriza o entretenimento convencional e a casa cheia.

Há três décadas coordenando o Centro de Pesquisa Teatral no Sesc-SP, o diretor Antunes Filho figura entre os precursores dessa tendência, que seduz cada vez mais a crítica e o público. Hoje, o fenômeno dos coletivos se espalha não só por São Paulo, onde se destaca o Teatro da Vertigem, mas também por cidades como Rio de Janeiro (Companhia dos Atores), Belo Horizonte (Galpão), Porto Alegre (Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz), Curitiba (Companhia Brasileira de Teatro) e Campinas (Lume). Read more »

Subscribe to my RSS feed

Festivale, São José dos Campos

escrito por vals em 8 de setembro de 2010 – 10:18 -

Atores da Companhia Hiato (SP) em Cachorro morto, dramaturgia e direção de Leoanrdo Moreira, que participa do 25º Festivale - foto: Divulgação

Segue até dia 12 de setembro o 25º Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba, o Festivale. Nesta edição, fiz parte da comissão de seleção de espetáculos ao lado dos atores e diretores Valter Padgurschi e Fernando Rodrigues. Entre os espetáculos, estão Cachorro morto, da Companhia Hiato (SP), programado para hoje, e Teatro Kaus Companhia Experimental (SP), com O grande cerimonial, e Grupo Macunaíma – Centro de Pesquisa Teatral (SP), com Lamartine Babo, ambos exibidos amanhã.

É possível acessar as críticas dos pesquisadores de teatro Alexandre Mate e Paulo Bio às montagens selecionadas. Esse encontro que chega a 1/4 de século tem como figuras emblemáticas o curador Atul Trivedi, um engenheiro indiano radicado no Brasil e, desde lá, devotado às artes cênicas, e o coordenador Claudio Mendel, diretor cultural da Fundação Cassiano Ricardo, corealizadora do festival com a Prefeitura, e, sobretudo, um criador à frente da Companhia da Cidade Teatro da Cidade, há duas décadas na lida.

Subscribe to my RSS feed