Variações sobre Célia Helena

escrito por vals em 13 de maio de 2010 – 8:45 -

Revista Olhares

Imagem do arquivo pessoal da atriz Cleyde Yáconis estampa a capa de Olhares, uma publicação da Escola Superior de Artes Célia Helena >> Reprodução


Prestes a completar 33 anos de atividades, uma das referências na formação de ator em São Paulo, o Célia Helena Teatro-escola recém incorporou a Escola Superior de Artes Célia Helena. No plano editorial, essa transição é representada pelo lançamento de uma revista voltada às artes cênicas.

Olhares chega com o desejo de fomentar o pensamento sobre o teatro, sua história, a produção de seu tempo e, sobretudo, abordar questões relativas à pedagogia do ator, conforme explica a sua editora e diretora artística da instituição, a atriz Lígia Cortez.

A noite de lançamento é nesta quinta-feira, dia 13, na Livraria Cultura. A cada número, Olhares trará um editor convidado. Quem responde pela primeira edição é o professor e pesquisador da USP Luiz Fernando Ramos, crítico da Folha de S.Paulo. A capa estampa Cleyde Yáconis em preto e branco, cujo perfil é assinado pelo ator, dramaturgo e jornalista Oswaldo Mendes, autor de biografias de Plínio Marcos e Ademar Guerra. A atriz de 86 anos dispõe fotos de seu arquivo pessoal, da capa às páginas finais, uma beleza imutável de fazer par à irmã Cacilda Becker. Read more »

Subscribe to my RSS feed

A recepção da cena por meio da crítica genética

escrito por vals em 5 de maio de 2010 – 16:23 -

Roig (esquerda) e Errendasoro em cena de Acá estoy chico cuando era yo, espetáculo apresentado na 1ª Jornada de Crítica Genética >>Divulgação

Em meados de abril passei dois dias na Argentina na 1ª Jornada de crítica genética – el análisis de procesos creativos en artes escénicas. O encontro pioneiro foi organizado por um grupo de pesquisadores de Tandil, cidade da região central da Província (Estado) de Buenos Aires, a seis horas de ônibus da capital. Fui apresentar um paper baseado na obra do peruano Lino Rojas (1942-2005), do Grupo Pombas Urbanas, objeto de pesquisa em andamento. Por “n” motivos não registrei a experiência daqueles 16 e 17 do mês passado, mas o faço agora porque mobilizadora. Read more »

Subscribe to my RSS feed

Maria Thais e Meierhold

escrito por vals em 18 de abril de 2010 – 20:51 -

Voz de Meierhold no livro de Maria Thais, uma criadora que em tudo persegue polifonia:


“Embora o Teatro-Estúdio não tenha aberto suas portas ao público, desempenhou um papel muito importante na história do teatro russo. Podemos afirmar com toda a certeza que tudo o que mais tarde os nossos teatros de vanguarda introduziram em suas encenações, numa excitação nervosa e com uma pressa extraordinária, foi bebido de uma única fonte. E todos os temas que compunham o fundamento das novas interpretações cênicas eram familiares, conhecidos daqueles que vivenciaram a atmosfera criativa do Teatro-Estúdio.”


Diretora da Companhia Balagan (1999), vinculada historicamente à criação da Escola Livre de Teatro de Santo André, parceira pedagógica de Anatoli Vassiliev em Moscou, professora no Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP, à frente de atividades em andamento no Sesi e no Tusp, a baiana e tenaz Maria Thais dá a ver Na cena do Dr. Dapertutto – poética e pedagogia em V. E. Meierhold, 1911 a 1916 (editora Perspectiva, coleção Estudos, 456 páginas, R$ 60,00).


O lançamento é nesta segunda-feira, Dia do Índio, às 18h30, na Loja de Artes da Livraria Cultura, Conjunto Nacional (Avenida Paulista, 2.073, telefone 11 3170-4033).


Uma noite de abará e vodca, assim a autora e nós esperamos.

Subscribe to my RSS feed