Menu

Publicações com a tag:

“Rainer Werner Fassbinder”

Crítica

Foto: Guo Muniz/Foco in Cena

No artificial, o real

19 de março 2017 |
por Maria Eugênia de Menezes • São Paulo

Os atores parecem manequins. E se portam como tal, com seus gestos endurecidos e artificiais. Na peça de Susanne Kennedy, Por que o Sr. R. enlouqueceu?, nada soa natural. É o estranhamento em grau máximo o que se ambiciona nesse trabalho da companhia alemã Münchner Kammerspiele. Um estranhamento que se dá a partir da banalidade da vida humana. Assistimos a diálogos desse protagonista, o Sr. R, com a família e os colegas de trabalho – falas desprovidas de significado, destinadas apenas a ocupar o vazio. Leia mais

Crítica

Foto: Juju Studio

O círculo vicioso do poder

16 de junho 2015 |
por Daniel Schenker • Rio de Janeiro

Texto de Rainer Werner Fassbinder, Gotas d’água sobre pedras escaldantes aponta para uma inversão de forças que não se concretiza. Na situação-base descortinada pelo dramaturgo, Leopold, homem maduro, seduz Franz, jovem de 19 anos, revelando, desde o início, sua determinação em exercer o papel de dominador dentro do relacionamento amoroso, relegando ao outro o lugar da submissão. Leia mais

Reportagem

Foto: Diane Sbardelotto

A tirania amorosa em Fassbinder

20 de novembro 2014 |
por Michele Rolim • Porto Alegre

Vida e obra de Rainer Werner Fassbinder (1945-1982) se unem no palco na peça Fassbinder – o pior tirano é o amor, que estreia amanhã (13/11) na Sala Álvaro Moreyra, em Porto Alegre. Fassbinder, conhecido como um dos mais importantes representantes do Novo Cinema Alemão, tem peças e filmes, pode-se dizer, autobiográficos. “Para ele, era quase como se houvesse um borrão no que é arte e no que é vida, uma bebia muito da outra”, comenta o diretor e professor do Instituto de Artes da Ufrgs Clóvis Massa. Leia mais

Desenvolvido por: Reppublica