Menu

Prefácio

Brincar com o vento Leste [Grupo Pombas Urbanas]

3.3.2010  |  por Valmir Santos

Voar? Mas eu não sei voar. O que eu faço é brincar com o vento. (…) Onde quer que eu caia,
uma outra criança irá me colocar no céu, porque aqui é o meu lugar. Solta a linha!
A personagem Pipa em Ventre de lona, de Lino Roj

Para o livro “Esumbaú, Pombas Urbanas! – 20 anos de uma prática de teatro e vida”, de Neomisia Silvestre, publicado em 2009 pelo Instituto Pombas Urbanas. Foi no grupo de mesmo nome que iniciei no teatro propriamente dito, bendito, maldito. O peruano Lino Rojas aportou em 1989 em São Miguel, zona leste de São Paulo, para ministrar uma oficina de iniciação ao teatro. Semeou asas, como ele dizia. E fomos todos para a cena amadora, até aonde eu pude, e muitos daquela época seguem profissionais de teatro até hoje: Adriano, Marcelo, Paulo, Juliana… Desde 2004, cohabitam zona leste mais adentro, Cidade Tiradentes, à frente do Centro Cultural Arte em Construção, instaurando novos parâmetros para um teatro em comunidade.
 
Para ler  o texto completo, faça dowload do arquivo abaixo.

Jornalista e crítico fundador do site Teatrojornal – Leituras de Cena, em 2010. Escreveu em publicações como Folha de S.Paulo, Valor Econômico, Bravo! e O Diário, de Mogi das Cruzes. Autor de livros ou capítulos no campo teatral. Colaborador em curadorias ou consultorias para mostras, festivais ou enciclopédias. Doutorando em artes cênicas pela Universidade de São Paulo, onde cursou mestrado na mesma área.

Relacionados