Menu

Publicações com a tag:

“Sesc"

Publicações com a tag:

“Sesc"

Artigo

A filosofia dos grupos

5.5.2014  |  por Valmir Santos

As artes cênicas são, por natureza, gregárias. Sincronizam a respiração no ato ao vivo entre os artistas que ocupam palco, galpão, picadeiro ou espaço público e os espectadores instigados a embarcar nessa nau milenar. Nas tradições orientais e ocidentais, uma das bases da convivência no teatro e na dança diz respeito ao caráter coletivo por trás de cada criação. Em um monólogo dramático ou em um solo coreográfico haverá sempre a interlocução direta ou indireta de uma equipe ancorando as palavras, os gestos, os silêncios e as variantes sensoriais no coração da cena. Leia mais

Reportagem

A mobilidade social da última década brasileira não se traduz em capital cultural. Eis uma interpretação aguda da pesquisa Públicos de cultura realizada pelo Serviço Social do Comércio (Sesc) e pela Fundação Perseu Abramo. Os dados sistematizados vieram à luz na tarde de anteontem no Sesc Pinheiros, na capital paulista, em seminário que refletiu sobre hábitos, gostos e demandas do setor em nível nacional. Leia mais

Reportagem

Muita gente escolhe as peças a que vai assistir no Fringe sem olhar a “procedência” – o critério mais comum costuma ser o título. Mas a mostra paralela do Festival de Teatro revela dados interessantes sobre nossa cultural estadual. Leia mais

contracena

No final da peça Nossa cidade, do norte-americano Thornton Wilder (1897-1975), um homem já morto compartilha com uma mulher – cujo coração também parou de bater e o fluxo inconsciente da dramaturgia a faz retornar ao aniversário de 12 anos – o aprendizado de que existir é “mover-se dentro de uma nuvem de ignorância”. O texto que Antunes Filho prevê montar este ano, no marco das três décadas do Centro de Pesquisa Teatral, o CPT, possui conteúdos e estruturas correlacionados à essencialidade que o criador defende para o trabalho de ator e a cena que o envolve. “O ator tem que ser também um intelectual”, diz. A obra inspira o diretor a criticar a ascendência da cultura de massa no país e, enquanto cidadão, a perceber com ceticismo o crescimento econômico para o qual sobra “orgia” e falta realidade. Leia mais