No espaço teatral vazio, ainda sem público, atriz, diretora e equipe técnica iniciam os preparativos para mais um mergulho cênico. É nessa ambientação que chego, numa tarde de quinta-feira, empenhado em registrar o ensaio de Enquanto ela dormia, texto de Carol Pitzer, atuação de Lucienne Guedes e direção de Eliana Monteiro. O espetáculo abarca o universo feminino, seus traumas e memórias. E é a partir desse jogo entre atriz e fotógrafo que a caixa cênica – instalação vazada e claustrofóbica – dialoga com a caixa preta fotográfica. Quem irá capturar o outro primeiro? Em cartaz no Mezanino do Centro Cultural Fiesp até dia 22/10.