Menu

Folha de S.Paulo

Peça reúne três palcos pela internet

14.6.2006  |  por Valmir Santos

São Paulo, quarta-feira, 14 de junho de 2006

TEATRO 
Brasil, Cingapura e Inglaterra fazem encenação sobre contraste entre relações virtuais e presenciais

VALMIR SANTOS 
Da Reportagem Local 

Imagine Nelson Rodrigues escrevendo “Vestido de Noiva” preocupado em transpor os três planos da sua narrativa (realidade, alucinação e memória) para as janelas de um computador. Guardadas as proporções, é o que o projeto “Play on Earth” pretende fazer, ao misturar relações presenciais e virtuais com atores simultaneamente em palcos nas cidades de São Paulo, Cingapura e Newcastle (Inglaterra). 

A inusitada experiência estréia hoje, às 22h, no anfiteatro da Unip. Ao mesmo tempo, considerando os fusos horários incluídos, será acompanhada numa galeria inglesa e num teatro alternativo de Cingapura. 

“A idéia é que tela e palco espelhem uma coisa só”, afirma Rubens Velloso, 55, diretor da Cia. Philia 7, criada no ano passado e co-realizadora do projeto com a londrina Station Opera House e a cingapuriana TheatreWorks. 

Os atores (quatro em São Paulo e três em cada uma das demais cidades) farão pouco uso da palavra (cada um em sua língua) e interpretarão uma história fragmentada, uma dramaturgia apoiada em movimentos e gestos. As três telas sobrepostas em cada local projetarão uma “verdade comum”, de acordo com Velloso, uma trama que diga respeito a questões conceituais sobre sinapse, virtualidade e realidade. 

Já ao vivo, cada elenco poderá ter improvisos em paralelo ao que se vê no vídeo. “O desafio é dar unidade a isso tudo”, diz o diretor. 

A transmissão será feita via internet, pelo sistema “streaming” (tecnologia que permite teleconferências, por exemplo). Segundo Velloso, o projeto conta com tecnologia que garantirá uma boa conexão entre os palcos nos três continentes. “Temos uma linha de telefonia especial para internet e Voip (Voice over Internet Protocol). 

Caso aconteça uma falha técnica, o espetáculo não será prejudicado devido à dramaturgia ao vivo”, afirma Marisa Riccitelli Sant’Ana, co-diretora de produção em São Paulo. 

As apresentações de “Play on Earth” na capital paulista serão realizadas até o dia 24/6 em diferentes horários -manhã, tarde e noite-, por causa do fuso dos três países. A temporada coincide com a realização do Festival Internacional de Artes de Cingapura, de 1º a 25/6.



Play on Earth
Quando:
estréia hoje, às 22h; amanhã, às 10h; dia 16, às 10h; dia 17, às 5h; dia 21, às 22h, dia 22, às 10h; dia 23, às 15h; e dia 24, às 15h 
Onde: Anfiteatro Unip Paraíso (r. Vergueiro, 1.211, tel. 0/xx/11/2166-1000) 
Quanto: R$ 20 

Jornalista e crítico fundador do site Teatrojornal – Leituras de Cena, em 2010. Escreveu em publicações como Folha de S.Paulo, Valor Econômico, Bravo! e O Diário, de Mogi das Cruzes. Autor de livros ou capítulos no campo teatral. Colaborador em curadorias ou consultorias para mostras, festivais ou enciclopédias. Doutorando em artes cênicas pela Universidade de São Paulo, onde cursou mestrado na mesma área.

Relacionados