Menu

Folha de S.Paulo

Cultura abre o baú de Antunes Filho

9.9.2006  |  por Valmir Santos

São Paulo, sábado, 09 de setembro de 2006

TEATRO 
Canal exibirá 13 dos cerca de 30 teleteatros que o coordenador do Centro de Pesquisa Teatral dirigiu na década de 70 

Programas selecionados incluem “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues; atores, críticos e pesquisadores comentarão as histórias 

VALMIR SANTOS
Da Reportagem Local 

O diretor de teatro Antunes Filhos também foi um homem de televisão, veículo contra o qual hoje pragueja ao ver atores com quem trabalhou atuando em novelas (caso de Luís Melo).

A face televisiva do diretor poderá ser vista na série “Antunes em Preto e Branco”, que a TV Cultura promete levar ao ar até o final do ano -dia e horário de exibição a definir.

Serão apresentados 13 dos cerca de 30 teleteatros que Antunes dirigiu e adaptou para a emissora, na década de 70.

Todos os programas serão apresentados na íntegra. Entremeando os três blocos, haverá depoimentos de artistas que participaram dos projetos ou de críticos e pesquisadores.

Os teleteatros foram produzidos originalmente em preto e branco. A Folha teve acesso a um deles, “A Casa Fechada” (1975), adaptado da peça de Roberto Gomes (1882-1922).

No trabalho, é possível entrever também o olhar cinematográfico de Antunes. A fotografia explora a atmosfera de Paranapiacaba (SP), a locação escolhida, com a neblina nas ruas, a arquitetura inglesa nos casarões e a estação de trem.

A séria é rara oportunidade para assistir, por exemplo, às atuações de Jofre Soares, Karin Rodrigues, Jairo Arco e Flexa.

Numa cidade interiorana, os moradores estão em polvorosa com o caso de uma mulher que trai o marido e é obrigada a fugir. Tempos depois, o casal, os três filhos e um delegado estão de volta à casa desabitada. Enquanto decidem o rumo de suas vidas, trancafiados, do lado de fora a vizinhança maldiz a adúltera.

Entre os títulos selecionados pelo núcleo de dramaturgia da TV Cultura, constam ainda “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues, com Lilian Lemmertz e Edwin Luisi no elenco, e “A Escada”, de Jorge Andrade, com Rodolfo Mayer, Antônio Fagundes e outros. 

Jornalista e crítico fundador do site Teatrojornal – Leituras de Cena, em 2010. Escreveu em publicações como Folha de S.Paulo, Valor Econômico, Bravo! e O Diário, de Mogi das Cruzes. Autor de livros ou capítulos no campo teatral. Colaborador em curadorias ou consultorias para mostras, festivais ou enciclopédias. Doutorando em artes cênicas pela Universidade de São Paulo, onde cursou mestrado na mesma área.

Relacionados