Menu

Publicações com a tag:

“Bienal Internacional de Teatro da USP"

Assine nossa newsletter

Publicações com a tag:

“Bienal Internacional de Teatro da USP"

Crítica

Fiel aos preceitos da performance, o La Pocha Nostra preocupa-se, essencialmente, com a criação de imagens em Spiritus mundi vs aztec ouroborus. Leia mais

Crítica

Memória e esquecimento são os componentes com os quais Guillermo Calderón construiu Villa + Discurso. Originalmente, o diretor e dramaturgo chileno – talvez o mais destacado de sua geração – concebeu a peça como um díptico. Leia mais

Crítica

Máscara expressionista

14.12.2015  |  por Beth Néspoli

A participação do artista cearense Ricardo Guilherme na II Bienal Internacional de Teatro da USP com um trio de solos – Bravíssimo, Flor de obsessão e Ramadança – faz pensar na insistente validade dos versos “o Brazil não conhece o Brasil/o Brasil nunca foi ao Brazil” que abre a canção Querela do Brasil, de Aldir Blanc e Maurício Tapajós, eternizada por Elis Regina Leia mais

Crítica

Em São Paulo

Não é sem dificuldades que procuro fazer uma aproximação crítica com Bravíssimo, espetáculo solo de Ricardo Guilherme apresentado na SP Escola de Teatro na programação da Bienal de Teatro da USP. Assistindo ao espetáculo, tudo me parecia curiosamente anacrônico, o que me provocou algumas sinceras risadas. Leia mais

Crítica

A desordem do tempo

12.12.2015  |  por Beth Néspoli

Pouco antes do início do solo Bravíssimo, apresentado pelo artista cearense Ricardo Guilherme no âmbito da II Bienal Internacional de Teatro da USP, um confronto entre policiais e estudantes secundaristas – que há semanas vêm protestando contra a reorganização da rede estadual de ensino – provocou correria na Praça Roosevelt Leia mais

Crítica

Em São Paulo

Em 1988, circulou no Brasil uma propaganda dos publicitários da conhecida agência W-Brasil (aquela da canção do Jorge Bem) para o jeans Staroup intitulada Passeata. Jovens vestindo calças jeans da referida marca fugiam da polícia que tentava dispersar uma passeata. Em câmara lenta, os policiais tentavam agarrar os jovens – sim, pelas calças. Leia mais