Menu

Publicações com a tag:

“Letizia Russo"

Assine nossa newsletter

Publicações com a tag:

“Letizia Russo"

Nota

Estreia nesta sexta-feira, no Guairinha, o espetáculo Tumba de cães, com texto da italiana Letizia Russo e direção de Marino Jr. A produção curitibana foi selecionada para a mostra principal do Festival de Teatro e deverá ter temporada local na sequência. Integram o elenco Ranieri Gonzalez e Simone Klein, entre outros artistas da cidade. Na trama, os conflitos internos de uma família se exacerbam enquanto lá fora o mundo busca uma nova conformação, no período final de uma guerra pela água. Leia mais

Reportagem

Um festival para celebrar Shakespeare. No ano em que o maior autor teatral da história completa 450 anos de nascimento, o Festival de Curitiba reservou parte considerável de sua programação para homenageá-lo. O mais esperado título de 2014, The rape of Lucrece, é uma criação da prestigiosa Royal Shakespeare Company. Inspirado em um poema do escritor inglês, trata-se, segundo seus criadores, de uma “terrível fábula sobre a luxúria, o estupro e a política”. Leia mais

Entrevista

Quatro peças de origem europeia revelam neste Festival de Teatro facetas complementares da escrita do velho mundo. De um lado, o romeno Matéi Visniec, de 58 anos, nutriu sua poesia no autoritarismo do Leste Europeu, e hoje lida com sutilezas da manipulação ideológica em bastiões da liberdade, como a França, onde mora desde os anos 1980. De outro, a italiana Letizia Russo, nascida nos anos 80, representa uma juventude que poderia folgar com a democracia – mesmo com todos os seus defeitos –, mas prefere expressar as inquietações da alma. Leia mais

Nota

Tradicionalmente o curitibano compra com avidez ingressos para o Festival de Teatro da cidade – cujas bilheterias foram abertas hoje – sem prestar muita atenção à cidade de onde vêm as peças. O grosso vem do eixo Rio-São Paulo, como é natural devido ao volume de produção das duas praças. Se o público não faz muita questão de encontrar artistas curitibanos no palco, a baixa frequência com que o pessoal local é escalado incomoda a classe teatral. Neste ano, a cidade é representada por 2 dos 35 espetáculos: Nus, ferozes e antropófagos, apresentado como ensaio aberto da prestigiada nacionalmente Cia. Brasileira de Teatro, em parceira com os coletivos franceses Jakart/Mugiscué e o Centro Dramático Nacional de Limousin; e Tumba de cães, com direção de Marino Jr. Leia mais