Menu

Publicações com a tag:

“Elias Andreato"

Publicações com a tag:

“Elias Andreato"

Reportagem

Misericordioso, justo, piedoso. Mas também vingativo. Dado a rompantes de ódio e caprichos inexplicáveis. Deus não está nada satisfeito. Está descontente com o homem. Imensamente decepcionado consigo próprio. Não sabe mais o que fazer. E, depois de muito relutar, resolveu partir para a terapia. Leia mais

Reportagem

Há mentiras que se tornam verdade. A tal ponto que passa a importar pouco que tenham acontecido ou não. Ao escrever Mozart e Salieri, o russo Aleksander Pushkin tratava da relação entre os dois compositores, instaurando entre eles uma mortal rivalidade. Nos anos 80, quando Peter Shaffer lançou a peça Amadeus, que posteriormente inspiraria o filme premiado de Milos Forman, a disputa entre os dois artistas voltou à berlinda. Leia mais

Crítica

Se o espectador experimentar fechar os olhos em algum momento da sessão de Myrna sou eu notará mais a fundo o quanto o trabalho de voz de Nilton Bicudo é matricial nos modos de escuta e apropriação do folhetim de Nelson Rodrigues. Leia mais

Crítica

O solo Eu não dava praquilo se sobressai ao historiar a vida de Myrian Muniz (1931-2004) e, com ela, rememorar personalidades e situações indicativas da modernização do teatro brasileiro em seu período essencial de consolidação nas décadas 1960 e 1970.

Cassio Scapin, na atuação e coautoria do roteiro, e Elias Andreato, na direção, evitam os tons saudosista ou didático. Vão direto ao ponto: simplesmente dão passagem ao pensamento humanista e à arte que a atriz paulista tomava por sagrada. Leia mais

Reportagem

A eleição da APCA – Associação Paulista de Crítcos de Arte – só acontece no final do ano. Mas, como já é costume na entidade, os críticos, em reunião informal, fizeram uma pré-seleção dos indicados para o 1º semestre.

As montagens Folias Galileu  e Eu não dava Praquilo receberam o maior número indicações, com três cada uma. Leia mais

Reportagem

Uma romântica. Dessas que não existem mais. Para criar o espetáculo Eu não dava praquilo, o ator Cássio Scapin debruçou-se sobre os poucos registros que conseguiu encontrar sobre Myriam Muniz. Vestígios de uma mulher completamente devotada ao teatro, “que ia muito além do estereótipo de atriz engraçada que guardamos dela”, comenta o intérprete. Leia mais