Menu

Publicações com a tag:

“Luiz Villaça"

Assine nossa newsletter

Publicações com a tag:

“Luiz Villaça"

Crítica

Arte em tempos de cólera

23.11.2019  |  por Beth Néspoli

“O que a poeta valorizava sobremaneira era a vida comum, na qual sempre encontrava motivo para assombro”, escreve Regina Przybycien no prefácio do livro Amor sem fim que reúne poemas da polonesa Wislawa Szymborska (1923-2012). O comentário dá uma pista sobre o que motiva a escolha de alguns dos versos dessa escritora, premiada com o Nobel de Literatura em 1996, para integrar a dramaturgia do solo Eu de você, da atriz Denise Fraga, dirigido por Luiz Villaça. A coleta de histórias reais a partir de uma convocação em diferentes mídias está na gênese desse espetáculo no qual elas surgem fragmentadas, editadas e entrelaçadas a poesias, trechos de romances e canções.

Leia mais

Encontro com Espectadores

A atriz Denise Fraga participou da 14ª edição do Encontro com o Espectador que reuniu no dia 25 de setembro de 2017, no Ágora Teatro, espectadores da peça A visita da velha senhora – então em temporada no Teatro do Sesi – para uma conversa mediada pelas jornalistas e críticas Beth Néspoli e Maria Eugênia de Menezes. No diálogo, além de temas como justiça e ética intrínsecos à peça do suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990), também foram abordadas questões como o viés sociopolítico que orienta escolhas na trajetória da atriz, a relação entre arte teatral e público espectador e os problemas que envolvem a definição da categoria teatro popular. Leia mais

Crítica

Numa mesa de bar conversam Peixoto e Edgard: “Você está alto, eu estou alto, hora de rasgar o jogo, de tirar todas as máscaras: você é o que se chama de mau caráter?” São essas as primeiras palavras da peça Bonitinha, mas ordinária, de Nelson Rodrigues. Ao longo do diálogo a pergunta se desdobra: “Você quer subir na vida? É ambicioso? O que você faria para ficar rico?

É possível dizer que as mesmas indagações, em outros termos, detonam a ação da peça A visita da velha senhora, do suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990), em cartaz no Teatro do Sesi-SP. Leia mais