Menu

Publicações com a tag:

“Quem tem medo de Virginia Woolf?"

Assine nossa newsletter

Publicações com a tag:

“Quem tem medo de Virginia Woolf?"

Crítica

Crônica da crise

29.4.2017  |  por Fernando Marques

Em Lisboa

Falo sobre dois espetáculos completamente diferentes entre si, vistos há poucos dias na capital portuguesa. No Teatro Nacional D. Maria II, Bacantes – prelúdio para uma purga anuncia-se como feito “a partir de Eurípides”. O anúncio parece paródico ou irônico: o espetáculo, ai de nós, nada tem daquele autor grego. Leia mais

Crítica

Do mesmo modo que ser produzido e/ou estar em cartaz no Rio de Janeiro e São Paulo, hoje, beneficiam a divulgação de qualquer fato cultural comparado ao que se faz e/ou acontece, por exemplo, no Piauí, o fato de ser americano obviamente deve influenciar os críticos que consideram Edward Albee “um dos mais importantes dramaturgos do teatro moderno” ainda vivos. Os Estados Unidos são, digamos assim, a maior caixa de ressonância de notícias do mundo atual, o que obviamente ajuda a divulgar e promover sua riquíssima produção cultural. Leia mais

Reportagem

Drama. Comédia. Tragédia. Não é fácil achar um consenso quando se trata de classificar Quem Tem Medo de Virginia Woolf?. Na mais conhecida obra do norte-americano Edward Albee, todos os gêneros se confundem. “O próprio autor dizia que gostaria de ver o público assistindo à peça uivando de rir, mas sentindo dor”, lembra o diretor Victor Garcia Peralta. Leia mais

Nota

Conselho de classe e Elis, a musical lideram as indicações à 26ª edição do Prêmio Shell no Rio de Janeiro – ambos aparecem destacados em três categorias cada –, agendada para a noite desta terça-feira, no Espaço Tom Jobim, Jardim Botânico. Recentemente consagrado na primeira edição do Prêmio Cesgranrio, Conselho… é um dos espetáculos comemorativos dos 25 anos da Cia. dos Atores. Leia mais

Reportagem

Com um recorde de 39 peças na mostra principal deste Festival de Teatro, muita gente enfrenta momentos de pânico diante da bilheteria. A escolha muitas vezes se dá pelo título ou pelos atores em cena. Para uma experiência mais informada, o ator e diretor teatral Fernando Klug sugere procurar na internet críticas e vídeos com trechos do espetáculo que houver despertado interesse. “Críticas, e não matérias de divulgação”, alerta. Ele e outros cinco artistas contam nesta página aquilo a que pretendem assistir de 26 de março a 6 de abril, período em que o festival realiza sua 23.ª edição. Leia mais