Menu

Entrevista

Entrevista

Entrevista

Embora a história contada nos livros tenha sido tão negligente com a trajetória de tantas mulheres que ofereceram contribuições fundamentais ao Brasil; embora, em 2016, a luta pelos direitos das mulheres ainda precise estar em marcha, basta olhar para as ruas, para as redes sociais e para os movimentos da sociedade civil e identificar o forte protagonismo de muitas “Marias” que colocam sua inteligência, coragem, força e sensibilidade na construção de novos mundos. A baiana Maria Marighella, atriz, gestora cultural, mãe de Zeca e Bento, pertence a essa linhagem Leia mais

Entrevista

Liberdade. Esta foi a única indicação dada pelo autor e encenador norte-americano Richard Foreman, de 78 anos, para Lenerson Polonini, diretor responsável pela estreia de seu trabalho no Brasil. “Gostaria que você fizesse algo completamente diferente do que eu faço com meu texto. Te dou toda liberdade para isso”, instigou o papa do teatro de vanguarda dos EUA. Leia mais

Entrevista

“As lembranças se gravam na minha memória com traços cujo encanto e força aumentam dia a dia; como se, sentindo que a vida me escapa, eu procurasse aquecê-la pelos seus começos” 

Rousseau (Confissões[1].

Lançando sua sexta publicação dedicada à história da cena teatral pernambucana, Panorama do teatro para crianças em Pernambuco (2000-2010), o jornalista e ator Leidson Ferraz, nascido em Petrolina e morador de Recife desde 1998, tornou-se um personagem importante na pesquisa, registro, análise e disseminação da memória do teatro feito no estado. Leia mais

Entrevista

Se hoje os motes biográficos de grandes estrelas levam muita gente aos teatros do Brasil para ver musicais, nas décadas de 1960 e 1970, os temas políticos do país imerso na ditadura fizeram surgir nos palcos uma verdadeira revolução com essa linguagem cênica. Unindo texto, música e interpretação, artistas nacionais fizeram da cena um manifesto político. Leia mais

Entrevista

Jean-Jacques Lemêtre é um dos poucos músicos que chegam ao Brasil e não se deixam hipnotizar pelo samba e pela bossa nova. A pegada do francês de longos cabelos brancos – quase um outro Hermeto Pascoal em nosso cenário – é a música ancestral. No caso das Américas, os ritmos ameríndios. Leia mais

Entrevista

Ela veio ao Festival de Curitiba de 2003 com 19 anos, como atriz. Na época sentia-se insegura, ainda atravessando a adolescência, uma época em que convidava amigos para fazer teatro na garagem. Agora, Michelle Ferreira, dramaturga em cartaz em São Paulo com Animais na pista (e com boas críticas), retorna como autora e diretora. Ao lado da Cia. de Teatro do Urubu, de Carolina Meinerz, ela estreia em maio Urubu comum, seu primeiro texto, ainda inédito. Na primeira visita à cidade para ensaiar, Michelle conversou com a Gazeta do Povo. Leia mais

Entrevista

Com a quarta edição anual agendada para maio próximo, o misto de encontro e mostra “Janela de Dramaturgia” tornou-se um dos protagonistas da difusão, estímulo e discussão da escrita teatral em Belo Horizonte. Na entrevista a seguir, elaborada por email, o dramaturgo, ator, diretor e produtor Vinícius Souza, de 26 anos, coidealizador do projeto com a também atriz e autora Sara Pinheiro, discorre sobre as conquistas e desafios da geração de dramaturgos despontada entre a década passada e a atual, fruto da vocação dos grupos para os processos colaborativos. Cresce também os textos não necessariamente embrionários do trabalho coletivo, reafirmação da perspectiva autoral. Leia mais