Menu

Publicações com a tag:

“São Paulo"

Assine nossa newsletter

Publicações com a tag:

“São Paulo"

Crítica

A guerra das palavras

7.11.2015  |  por Beth Néspoli

A ação da peça Fidel-Fidel! Conflicto en la prensa, com a qual o grupo argentino El Bachín Teatro comemora seus 15 anos de existência, transcorre dentro da redação do fictício jornal A República, no dia 31 de dezembro do ano de 1958. Trata-se de uma escolha estratégica para Leia mais

Crítica

É como se o escriturário descrito por Herman Melville, em Bartleby, tivesse mudado de nome, de época, de país. Em Página 469, o Grupo Engasga Gato, de Ribeirão Preto, quer falar sobre a história – e os dilemas – de um homem, funcionário público, que se vê confrontado com o absurdo de sua rotina e “enlouquece”. Leia mais

Reportagem

Repertório Shakespeare, projeto que estreia hoje (5/11), no Sesc Vila Mariana, é a obra de um devoto. Enquanto conversa sobre suas novas encenações de Macbeth e Medida por Medida, Ron Daniels fala em “inteligência superior” e em “profundo respeito”. Leia mais

Crítica

A velhice foi o ponto de partida do Grupo Carmin, do Rio Grande do Norte, quando debruçado sobre a missão de compor um novo espetáculo. O caminho natural, para apropriar-se do tema, era se cercar de informação, compor histórias, talvez até tangenciar o real, mas revesti-lo com as rendas da ficção. E o propósito manteve-se firme por certo tempo, mesmo quando o acaso veio bagunçar sua intenção primeira. Mas há coisas que se impõem. Há pequenos mistérios a rondar esse mundo de explicações racionais e lógicas. E, às vezes, depois de resistir, é preciso saber a hora de se entregar.

Leia mais

Crítica

A palavra é o jeito de fazer o nada aparecer. O que era nada. Agora a tornar-se letra, corpo, matéria, pensamento. “O pensamento não existe fora do mundo, nem fora da palavra”, diz Merleau-Ponty. Leia mais

Crítica

Primeiramente, o capitalismo é uma religião puramente cultual, talvez a mais extremamente cultual que já existiu. Nada nele tem significado que não esteja em relação imediata com o culto, ele não tem dogma específico nem teologia. O utilitarismo ganha, desse ponto de vista, sua coloração religiosa.

Walter Benjamin

A encenação de A mandrágora pelo Grupo Tapa abre um apanhado de questões pertinentes ao nosso tempo e lugar. Leia mais

Entrevista

Liberdade. Esta foi a única indicação dada pelo autor e encenador norte-americano Richard Foreman, de 78 anos, para Lenerson Polonini, diretor responsável pela estreia de seu trabalho no Brasil. “Gostaria que você fizesse algo completamente diferente do que eu faço com meu texto. Te dou toda liberdade para isso”, instigou o papa do teatro de vanguarda dos EUA. Leia mais